Da Boca para Fora

Porque nada na vida deve ser levado tão a sério...

terça-feira, julho 25, 2006

Desanima Mundi

Todo ano é aquele estresse: minutos preciosos numa fila enorme, com gente de tudo quanto é tipo e lugar, pra descobrir que a sessão que você tanto queria assistir não tem mais ingressos disponíveis.
Esse ano adotamos um esquema tático diferente (humm, isso não está me cheirando bem...): entramos na fila dos ingressos do dia e pegamos as primeiras bombas que apareceram.
Assistimos um papo super animado com o pessoal da TV Pinguim e depois fomos para uma sessão de animações para adultos. Tirando uma que achei bastante psicodélica, e uma outra com história, eu confesso que não sei do que as pessoas estavam rindo. Desenhos sem graça e estilo, histórias
(?) deixando a desejar e aquele humor Casseta & Planeta (quase levantando a plaquinha: "é hora de rir, criançada") que eu já não suporto mais. Enfim, a platéia parecia uma amostra de miquinhos
amestrados. Santa ignorância, batman, pra onde foi a inteligência dos seres humanos?!
Bom, deixando as questões filosóficas de lado, valeu a pena. Anima Mundi é sempre me soa como uma obrigação: tenho que ir. Cumpri, a duras penas, é verdade, a minha esse ano. E é só. Fica a pergunta: como as animações são selecionadas? Se é que são selecionadas...
Pelo menos a gente assistiu séries divertidíssimas e bem feitas tais como "Rita" e a série "Os Direitos do Trabalhador" da TV Pinguim.