Da Boca para Fora

Porque nada na vida deve ser levado tão a sério...

sexta-feira, julho 14, 2006

Atingida por uma Bala Perdida*

Andava eu a caminho da Parmê. Timóteo e Sérgio me encontrariam lá. Eis que de repente sinto que sou atingida por algo pesado no topo da cabeça. Algo caiu em cima de mim.
Estou de pé e sinto o sangue afluir para o local atingido. O impacto foi forte e fico nervosa: caiu um tijolo na minha cabeça? (Os prédios no centro do Rio andam em péssimo estado de... conservação?)
Bom, não pode ser um tijolo, eu não estaria de pé. Lembro-me dos combates entre camelôs e policiais. Com certeza, uma pedra portuguesa me atingiu... Foi isso. Agora com um pouco mais de coragem, levo a mão à cabeça temendo sentir sangue. Não, não sangra... Menos mal...
Quando consigo me situar, vejo uma mulher próxima a mim que se abaixa e pega um pacote de balas tipo jujuba. Sim, fui atingida em pleno centro da cidade por umas balas perdidas. E ninguém veio me pedir desculpas...


* Baseada em fatos verídicos.